You are currently viewing Empregados Acusam Pandasaurus de Ambiente Tóxico

Empregados Acusam Pandasaurus de Ambiente Tóxico

De acorco com diversos empregados e ex-empregados da Pandasaurus Games que conversaram anonimamente com a DiceBreaker, a empresa criada e administrada pelo casal Molly Wardlaw e Nathan McNair, responsável por alguns sucessos como a Ilha dos Dinossauros (publicado no Brasil pela Meeple BR), é um ambiente tóxico, causado pela “negligência” de ambos.

Segundo os ouvidos, não são incomuns problemas de atrasos nos salários, os quais, tem que ser pedidos, em alguns casos, diversas vezes.

Somado a isto, a empresa possui um teórica estrutura plana, com empregados possuindo títulos de gerência para setores compostos por eles mesmos, porém sem nenhuma autonomia, tendo que todas as decisões passarem pelo casal, o que, nas palavras de alguns empregados, lembra muito mais uma ditadura do que uma empresa de organograma plano.

Além disto, o casal frequentemente não toma decisões importantes, que quebram prazos definidos por eles mesmos, o que por diversas vezes quase impossibilitou a publicação de alguns títulos. That Time You Kill Me, segundo os entrevistados, foi um dos exemplos que teve sua produção à beira da impossibilidade.

Isto e outros problemas levaram, segundo o levantamento da Dicebreaker, a um turnover de pessoal de 200% ao longo dos últimos anos, parecendo que a companhia não consegue manter seus talentos.

A Pandasaurus respondeu às alegações da dicebreaker negando todas as acusações.

A reportagem completa, em inglês, pode ser vista neste link.

Deixe um comentário